Entenda o que são Habilidades Socioemocionais e qual a importância para a formação do estudante

habilidade socioemocional
6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Mais do que ver seu filho tirando boas notas, você quer vê-lo alcançando o máximo de seu potencial, certo? Por isso, qualidades como a empatia, a cooperação, a autogestão e a determinação são mais do que bem-vindas no processo de aprendizagem, pois fazem parte do desenvolvimento das habilidades socioemocionais.

Hoje, a escola não é mais um espaço apenas de preparação para provas semestrais e vestibulares. A cada dia, vemos, na educação, uma oportunidade de formação integral do ser humano, além de uma fonte de responsabilidades com o futuro. Quer entender melhor? Então, acompanhe a leitura!

A importância das habilidades socioemocionais

A habilidade socioemocional é a capacidade que uma pessoa tem de conviver bem socialmente e gerir suas próprias emoções. Essencialmente, ela trata da aptidão para estabelecer boas relações consigo mesmo (intrapessoal) e com quem está em volta (interpessoal).

Essa habilidade é conquistada por meio do desenvolvimento de uma série de qualidades interiores, como o autoconhecimento e a empatia. Atualmente, temos uma percepção maior de como essas características precisam estar em primeiro plano durante o crescimento da criança e do adolescente.

Afinal, a habilidade socioemocional é demandada em todos os setores de nossa vida, desde o estabelecimento de um ambiente familiar saudável até a consolidação de um perfil profissional valorizado no mercado de trabalho.

Para que você tenha uma ideia, existe até um termo específico para as competências sociais e comportamentais no universo profissional: soft skills (ou habilidades suaves em tradução livre). De acordo com a pesquisa Global Talent Trends 2020, realizada pelo LinkedIn, 92% dos recrutadores acreditam que essas aptidões são mais importantes do que os conhecimentos técnicos.

Entre as competências mais citadas pelos participantes do levantamento estão a criatividade, a colaboração e a boa gestão de tempo, ou seja, habilidades que vão além de aprendizados formais e que têm a ver com o ser humano em sua totalidade.

Nós utilizamos aptidões socioemocionais a todo momento na vida cotidiana e na construção da carreira. A tendência é que quem tem um desenvolvimento mais profundo delas alcance mais sucesso pessoal e profissional. Além, é claro, de ter um papel decisivo na transformação das dinâmicas sociais.

O papel da escola no desenvolvimento socioemocional de seus estudantes

De acordo com Lei de Diretrizes e Bases da Educação, a Educação Básica é constituída por 12 anos de ensino obrigatório, abrangendo os anos iniciais e finais do ensino fundamental e do ensino médio. Desse modo, ao lado da instituição familiar, a escola é a segunda maior estrutura para o desenvolvimento das crianças e dos adolescentes.

Isso coloca o ambiente de ensino em um lugar de grande responsabilidade pela formação do indivíduo como um todo e não só de sua evolução intelectual. Portanto, é muito importante promover o desenvolvimento da habilidade socioemocional durante a trajetória escolar.

Até porque é no ambiente acadêmico que crianças e adolescentes têm contato com perspectivas diversas daquelas do convívio familiar. Lidar com pessoas diferentes, integrar equipes, desenvolver projetos e despertar o senso crítico são apenas algumas das realizações da escola na vida do estudante.

Não é à toa que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que norteia o trabalho das instituições de ensino no Brasil, sinaliza a necessidade de contemplar habilidades socioemocionais na educação. Associadas aos conhecimentos tradicionais, essas competências garantem o desenvolvimento integral do estudante.

Os pilares da habilidade socioemocional

Para entender um pouco melhor o que é a habilidade socioemocional, veja uma rápida descrição de seus principais pilares:

  • autoconhecimento — entender quais são os próprios interesses, sentimentos e pontos fortes e fracos é muito importante para conseguir promover o crescimento pessoal;
  • autogestão — mais do que conhecer a si mesmo, a autogestão implica em aprender a potencializar as características positivas e superar as negativas, além de saber como estabelecer objetivos e metas para alcançá-los;
  • determinação — a habilidade socioemocional também diz respeito a manter o foco nos próprios objetivos, sabendo utilizar críticas favoravelmente e superar dificuldades;
  • curiosidade — ter interesse em aprender e abertura para olhar o mundo de jeitos diferentes é essencial para encontrar soluções e desenvolver novas habilidades;
  • otimismo — manter uma perspectiva positiva sobre o mundo, a própria vida e as relações interpessoais é um meio de enxergar novas oportunidades;
  • empatia — saber validar o ponto de vista do outro, mesmo quando ele entra em conflito com o seu próprio, é uma qualidade fundamental para construir relações saudáveis e baseadas em respeito;
  • colaboração — trabalhar em equipe, fazer parte de processos participativos e, acima de tudo, ter confiança no poder do compartilhamento de ideias é algo transformador nas relações pessoais e profissionais.

O compromisso da Vereda com a habilidade socioemocional

Para a Vereda, a educação vai muito além da transmissão de conteúdos formais, como Matemática ou Biologia. Esses conhecimentos são muito importantes para o aluno, não há dúvida, mas devem andar lado a lado com o desenvolvimento socioemocional.

Essencialmente, acreditamos em uma atualização do ensino. Por isso, temos uma metodologia diferenciada, que inclui:

  • atividades extracurriculares — oferecemos um currículo extenso com esportes diversos, teatro, xadrez, robótica, design e muito mais;
  • estímulo à criatividade — utilizamos o programa Apple Education, em parceria com a Apple, para promover a tecnologia aplicada e o desenvolvimento da criatividade;
  • protagonismo do estudante — incentivamos a autonomia do estudante em sua trajetória escolar e de crescimento pessoal, estimulando a resolução de problemas conectados à realidade individual e coletiva;
  • acompanhamento personalizado — temos um sistema de avaliação inovador que possibilita a identificação dos pontos de melhoria de nossos estudantes, para que cada um alcance o seu máximo potencial;
  • formação integral — com uma série de disciplinas de Habilidades para a Vida e, também, o Projeto de Vida, incentivamos nossos estudantes a desenhar metas e objetivos para o futuro, além de promover os pilares da habilidade socioemocional.

E não é só isso: nossos estudantes utilizam mesas trapezoidais, em uma modelagem de sala de aula que tem como foco o trabalho em equipe, a colaboração e a autonomia na construção do próprio aprendizado.

Por fim, também acreditamos no incentivo à profissão dos educadores para que eles possam aperfeiçoar o seu papel a cada dia. Então, temos um projeto de formação continuada do corpo docente, a Universidade de Formação de Professores.

Como deu para ver, a Vereda leva a habilidade socioemocional muito a sério e vê em uma educação inovadora o caminho para a construção de uma sociedade melhor. Com uma trajetória escolar que vai além de um currículo engessado, os estudantes passam por uma verdadeira formação humana, mais do que acadêmica.

Se você quer conhecer mais sobre nossa metodologia, cultura e diferenciais, entre em contato! Estamos à disposição para conversar sobre o que mais acreditamos: uma educação transformadora.

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário